sábado, 9 de julho de 2011

Joanna Interpreta Padre Zezinho

"Em nome de Jesus" tráz de volta grandes composições de Padre Zezinho.



Nove anos após o lançamento de seu primeiro álbum religioso Joanna em Oração (2002), a cantora carioca Joanna, uma das maiores intérpretes da Música Popular Brasileira põe fé em um segundo disco com músicas do gênero. O lançamento do CD Em Nome de Jesus - Joanna Interpreta Pe. Zezinho aconteceu no dia 18 de junho, sábado, ás 20h, no Santuário N. Sra. do Perpétuo Socorro na cidade de Campos

Essa não é a primeira vez que a cantora se apresentou em Campos. Joanna falou sobre o fato de estar em Campos mais uma vez. “Estou muito feliz e muito honrada de estar aqui. Virei uma habitué de Campos. Graças a Deus temos muitos amigos dentro da Diocese e da prefeitura. Está sendo uma alegria enorme”, disse Joanna

O novo álbum da cantora joga luz sobre a obra musical do padre mineiro que completa 70 anos de vida e 45 de sacerdócio. Adorado pelos seguidores da religião católica, José Fernandes de Oliveira - o Pe. Zezinho - foi o primeiro a utilizar a música para fazer sua pregação, sendo precursor dos padres que, a partir da década de 90, adquiriram aura pop - casos dos padres Marcelo Rossi e Fábio de Melo.

O CD traz os maiores sucessos do padre que completou esse ano 70 anos de vida. Homenagem e reconhecimento de seu talento mais que merecidos, pois Padre Zezinho popularizou a música católica no mundo inteiro; já gravou quase 200 álbuns pelo mundo afora, escreveu mais de 80 livros de diversos temas, foi perseguido e ameaçado pela ditadura e censura nos anos 70, tendo que se exilar na Europa. Sempre fugiu dos holofotes se mantendo sempre no anonimato, recebeu propostas milhonarias de poderosas gravadoras,recusou todas, por gratidão permaneceu nas Edições Paulinas onde gravou seu primeiro compacto entre 1969 e 1970, onde permanece fiel até hoje, são mais de 40 anos de parceria.

A primeira faixa do álbum "Foi em nome de Jesus" tem a participação do Padre Zezinho. Na faixa 13 "Fala" Joanna agradeçe e homenageia Padre Zezinho. O Restante das faixas dispensa qualquer comentário, afinal, são composições maravilhosas que marcaram gerações.


Faixas do CD Joanna Interpreta Padre Zezinho / Lista das Músicas:

1. Foi em nome de Jesus
2. Ha um barco esquecido na praia
3. Águia pequena
4. Maria da minha infância
5. Alô meu Deus
6. Amar como Jesus amou
7. Oração por meus amigos
8. Utopia
9. Estou pensando em deus
10. Oração pela família
11. Mãe do céu morena
12. Um certo Galileu
13. Fala (agradecimento falado)
14. Valeu meu Deus

11 comentários:

  1. Caríssimo Rodrigo quero te parabenizar pelo blog em homenagem ao querido padre Zezinho do qual tenho uma admiração profunda, um homem versátil, um precursor da música católica. Quero apenas fazer uma pequena correção, se me permites, quando você diz que o padre Zezinho é adorado pelos seguidores da religião católica. Só um é digno de toda adoração e louvor. DEUS. Claro que o padre Zezinho é reconhecidamente amado e respeitado pelo lindo e excelente trabalho de evangelização através da música e de sua atuação nos meios de comunicação.
    Um abraço fraterno.
    Seminarista Jucélio Lindenberg

    ResponderExcluir
  2. Caríssimo seminarista, grande parte do texto aqui usado, pertence ao site que realizou o evento de lançamento do álbum de Joanna. Pois bem, a palavra "adorar" pode ser interpretada de diversas maneiras, como "amar" por exemplo; se eu disser que "adoro minha mãe"; estaria eu sendo idolatra? Ou deixando de louvar a Deus por isso? penso que não... vai da interpretação de cada um.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, infelizmente muitos usam habitualmente a palavra "adorar" sem o devido conhecimento da mesma, fazendo seu uso de maneira incorreta. Não é uma questão de interpretação e você não está sendo idólatra.
      Adorar, quer dizer exatamente isso ADORAR... e somente Deus é dígno de adoração. Claro que é incorreto afirmar "eu adoro isso ou aquilo ou alguém"... adorar, somente a Deus.

      Excluir
    2. Eu adoro quem eu quiser e tenho dito.

      Excluir
  3. Obrigado pelas notícias que por aqui vão aparecendo para nos colocar em dia sobre o que de relevante vai acontecendo na vida e obra do padre Zézinho. Infelizmente, nos últimos anos, ele não tem aparecido cá por Portugal e os seus últimos cd´s não têm cá chagado. Tem sido um amigo que quando aí vai de férias me vai trazendo o que sai aí no Brasil. Parabéns pelo trabalho no seu Blogue.

    ResponderExcluir
  4. Rodrigo Bianchesi13 de julho de 2011 20:14

    Raul Emilio, eu que agradeço a visita! É uma honra escrever sobre Padre Zezinho.
    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  5. parabens - joana, voce é uma grande mulher,quem tem deus no coraçao, renova e cresce.

    ResponderExcluir
  6. Joana é uma lesbica e se faz de santa canjtando musica católica. Me admira que o Pe. Zezinho processe o Frank Aguiar por regravar suas canções e aceite cantar com essa safada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não nos cabe julgar os outros. Não importa o quanto alguém seja pecador, pois Deus é tão maravilhoso que tira o bem até mesmo do mau. Joanna é uma ótima intérprete e mesmo vivendo em pecado (lembrando que todos somos pecadores), no momento que ela realiza esse trabalho ela está sendo usada por Deus e pode converter alguém com sua voz e seu trabalho.

      Excluir
  7. Quanto preconceiot?Deverias olhar mais para ti, para teus pecados ao invés de falar dos pecados dos outros. quanta hipocresia! Quero saber se Deus deixará de ama-la por conta do pecado dela.
    ao contrário Deus ama porque ele é amor ele só sabe amar. Hipócrita tira primeiro teu cisco do olho.

    ResponderExcluir
  8. tenho procurado este cd e não o encontro, onde posso encontrá-lo? meu e-mail é sagitarium2002@hotmail.com

    ResponderExcluir