segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

De Volta Ao Catolicismo - Novo Livro

.
Padre Zezinho, para quem quer experimentar, (re)experimentar Deus


"Se não conseguimos nem sequer tomar juntos um café no bar da esquina e conversar serenamente sobre o nosso amor por Jesus, como esperamos "converter" o mundo para Cristo?"





Como ele mesmo se declara, Padre Zezinho, scj, é aquele que vai à fonte, enche o balde com o conteúdo já armazenado e devidamente purificado pelos papas, bispos, doutores e mestres e o distribui ao povo em linguagem simplificada, que qualquer um pode entender. "Eu transcrevo a teologia para ouvidos não acostumados à profundidade dos mestres", diz.

Seu novo livro, De volta ao catolicismo, é mais uma prova disso, um trabalho de fôlego, denso, mas de apelo popular e fácil leitura. Fundamentado nos documentos da Igreja, aqui, ele escreve aos católicos que assim se denominam, mas que não assumiram o compromisso de viver sua religião; àqueles que experimentaram outras confissões religiosas e agora pensam em voltar ao catolicismo; e, finalmente, aos irmãos de outras Igrejas que se interessam em conhecer o pensamento e a doutrina católica.

O texto analisa e motiva o comportamento de um católico a partir das doutrinas e das ênfases que este fiel assume - o que o autor chama de "catequese comportamental" ou de "catequese de atitudes. Parte do princípio de que os crentes agem a partir do que ouvem, de quem ouvem, com quem comungam e dos livros que leem.

Padre Zezinho analisa demoradamente o jeito de uma pessoa que parou de procurar porque, satisfeita, segue todos os dias pelos mesmos trilhos, confundindo eventuais mudanças com desvios e abandonos do rumo. Sempre mantendo a ortodoxia, oferece, então, novidades em termos de conteúdo, autores, enfoque, pastoral, ecumenismo e catequese.

De volta ao catolicismo é uma obra provocadora. Segue as proposições do Documento de Aparecida, que sugere a retomada da apologética sem que se perca o respeito pelo outro, e a linha do "crer em Cristo hoje, buscar o Cristo de sempre e anunciá-lo em linguagem de agora". Traz muitas interrogações e exclamações, insistindo numa Igreja menos intuitiva e instintiva e mais pensativa e reflexiva. Sugere que os "piedosos" e "estudiosos" caminhem juntos, um enriquecendo o outro com sua experiência de fé.


Título: De volta ao catolicismo - Subsídios para uma catequese de atitudes
Autor: Padre Zezinho, scj
Coleção: Catequista e Aprendiz
Editora: Paulinas
Edição: 1ª (primeira)
Formato: 15,0 x 23,0
608 págs.
Preço: R$ 35,60
Código: 515710
ISBN: 9788535625141




--------------------------------------------------------

4 comentários:

  1. Comprei este livro, era o ultimo da livraria Paulinas!!
    Estou gostando muito!
    Rezo para muitos Cristão o comprarem e divulgar!
    Nos Católicos PRECISAMOS muito respeitar e valorizar nossa igreja e doutrinas!
    Sua benção Pe. Zezinho, paz e bem!

    Com Deus Até o Fim Mesmo Sem Entender!!

    ResponderExcluir
  2. ''Simplesmente é o máximo este livro,pois contém
    estudos atualizados,estudados pelo nosso querido e sábio;Pe.Zezinho,scj.Estou a compreender muitas dúvidas em que vivia a procurar respostas...posso dizer que este livro está me ensinando muito mais do que eu pensava,além de me dar vontade de sempre aprender mais,pois como ele mesmo diz;Sou aprendiz e pretendo morrer aprendiz.''

    ResponderExcluir
  3. Muitas vezes nos perguntamos varias coisas, que nem mesmo sabemos explicar de onde vem essas perguntas, recomendo esse livro e quem sabe você leitor conseguirar respondeR e entender pelo menos a metade de suas indagações.

    Vivian (Riachinho-TO0

    ResponderExcluir
  4. Li o livro e continuarei a ler sempre, pois trata-se de algo que nós católicos desconhecemos a nossa própria religião, é até mesmo uma "arma", porque através dele podemos entender que devemos nos aprofundar em nossa religião, buscar ler os documentos da Igreja em nossa busca diária a Deus, mostra que devemos ter subsídios para defender a nossa fé e não aceitar os que outras denominações querem impor, mostra que muitos católicos não conhecem ou conhecem muito pouco a respeito da própria fé, é um livro magnífico, ajuda a responder desde a questionamentos simples que fazemos às vezes a nós mesmos, como também a questionamentos mais complexos, sem contar que ao ler o livro temos a sensação que o próprio Padre Zezinho está pregando para nós, e nos dando um verdadeiro "tapa na cara" por sermos às vezes tão covardes quanto a nossa fé e religião. Tomara que eu consiga ler outros livros do Padre Zezinho, e que todos que leiam esse livro tenham em mente que "Deus deve ser procurado mesmo depois de achado" Padre Zezinho.

    ResponderExcluir