sexta-feira, 27 de maio de 2011

Historias Que Eu Conto e Canto (Orquestra)



“Eu nunca sonhei ser cantor, nem poeta, nem compositor.

Quis e tão somente quero ser gente, cristão e padre. Mas foram os jovens que me disseram que o importante não era um padre Zezinho músico, cantor ou artista e sim um padre Zezinho que lhes falasse do jeito que eles entendem.

E aqui vou eu mais uma vez.

São as histórias que eu conto e canto.”

Padre Zezinho, scj


São Paulo, 1974.




Historias Que Eu Conto e Canto Orquestra

Descobri um LP do Padre Zezinho em um sebo na Avenida São João em São Paulo... Trata-se da versão orquestrada do Lp Histórias que eu conto e canto... Desconhecia totalmente a existência desse LP... Quando estava passando os olhos nos discos da loja, vi o disco que tem a capa igual ao da versão cantada, mas notei uma diferença na contracapa que, contém uma explicação de cada canção e de como foi composta cada música, e na capa escrito Orquestra...

Na verdade, nos dias de hoje, chamaria o disco de uma versão Instrumental; os arranjos são os mesmos que o do LP cantado, seguindo o mesmo estilo do disco do Maestro Jimmy Wilson; mas, não deixa de ser uma raridade, pois não há registros desse disco em nenhum lugar, nem mesmo na lista de fonogramas de Cd’s e LP’s gravados por Padre Zezinho na Paulinas.

A montagem das imagens e o photoshop ficou por conta do meu amigo James Igor.




Lado A:

Distração

“Distração é isso mesmo! A gente pensa que Deus se foi, ou que nós fomos de Deus e, de repente topa com Ele que foi entrando de mansinho por algum lado bom que sobrou em nós: as frestas da nossa metade teimosa que no fundo, no fundo, tem fome de Deus.”

Balada por um velho amigo

“João XXIII mereceria umas 200.000 canções. Pena que até hoje só consegui escrever esta. Ele mostrou que santidade é o premio que se recebe quando se teima em ser simples.”

De novo eu Penso em Deus

“De novo eu penso em Deus nasceu em Viseu, Portugal. O colégio onde me hospedei ficou para mim a lembrança do quanto os jovens podem amar suas mestras , e vice-versa. Não sei como foi mas fui cantando, cantando e acabei de novo pensando em Deus.”

Hoje é domingo


“Hoje é domingo nasceu após a missa dos jovens em minha paróquia. O espetáculo de adultos, jovens e crianças dando-se as mãos ao Pai-Nosso e vindo, trazer e levar a paz me tocou várias vezes. Numa delas nasceu Hoje é domingo.”

Jesus Cristo me deixou inquieto

“Jesus Cristo me deixou inquieto está toda no livro com o mesmo título. A canção é para lembrar que ele continuará inquietando os cristãos para que reajam a um mundo bastante desumano em suas soluções e ajude o homem a ser gente, ao invés de coisa ou peça na máquina do progresso.”




Lado B:

Amar como Jesus amou

“’Amar como Jesus amou’, nasceu em Coimbra, Portugal, quando uma garotinha de nove anos veio me entrevistar para saber o que uma pessoa deve fazer para ser feliz. Gostei tanto de sua alegria e espontaneidade que duas horas depois havia escrito essa canção que é uma das que mais gosto.”

Maria de Nazaré

“Acho que Maria de Nazaré nem precisa de explicação. Maria, no meu ponto de vista é a explicação máxima de todas as mulheres cristãs. A ternura de Maria e sua determinação em seguir seu sonho de menina moça com José, precisam voltar num mundo onde a mulher a cada dia perde sua identidade para um mundo que a diminui demais.”

Teoria

“Teoria é uma brincadeira muito séria. Há tantas teorias levando Jesus ao esquecimento que resolvi pedir aos cristãos que fiquem na sua. É tão válida como a de Sartre ou Marcuse: tem amor! Coisa que nem todos os teóricos de renovação do mundo aceitam.”

Hoje é domingo

“Hoje é domingo nasceu após a missa dos jovens em minha paróquia. O espetáculo de adultos, jovens e crianças dando-se as mãos ao Pai-Nosso e vindo, trazer e levar a paz me tocou várias vezes. Numa delas nasceu Hoje é domingo.”

A juventude é uma semente

“A juventude é uma semente é uma das brincadeiras que faço. Conto alguma estorinha e depois tento transpor seu contexto para música. Essa aconteceu no meu grupo de jovens, o meu querido ‘Grêmio São Judas.’”

Balada por um Reino

“Balada por um Reino foi feito num dia de reflexão sobre o sacerdócio; não sei se agrada, mas é o que penso de mim e dos meus colegas padres.”

3 comentários:

  1. Olá, boa noite!

    Estou fazendo a captura de uns 20 Lps do Padre Zezinho (estou agora capturando o "Canção Para Meu Deus". Baixei todos os discos de uma antiga conta do 4share, mas vou capturá-los novamente mesmo assim.

    Contudo, como vs colocaram, como é um disco raro, teria como disponibilizar para download?

    Da mesma forma, se houver algo raro que estejam procurando, posso quem sabe ajudar.

    Agradeço a atenção.

    Fique com Deus e parabéns pelo trabalho! Deus e Padre Zezinho (SCJ) merecem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caipira, entre em contato no meu email, que está disponível no meu perfil aqui no Blogger.
      Obrigado,

      Rodrigo

      Excluir
    2. Coisa feia! Gentileza gera gentileza.

      Excluir