sábado, 14 de maio de 2011

Novo CD: Quando Deus Se Calou






O novo álbum pe. Zezinho, scj, mais uma vez apresenta uma catequese madura, abrangendo diversas temáticas na área Teológica, catequética e espiritual. Numa linguagem Pastoral ele fala sobre temas polêmicos e que precisam ser dialogados na Igreja, na escola, na comunidade e família.

“Quando Deus se calou” traz 14 canções inéditas, cada uma sobre um assunto diferente: as músicas Ninguém fez mais do que Jesus e Se não fosse Jesus, apresentam o tema da Cristologia; Quando Deus se calou, fala sobre a fé e a relação com Deus quando parece que Ele não escuta os nossos pedidos; Jesus, Jesus, Jesus, apresenta a linguagem da renovação carismática; Casinha de Ribeirão, fala sobre os idosos na família e a despedida definitiva. Já a música No Trem da Vida, trabalha os valores e os limites da vida sobre a verdadeira liberdade; Odogitria, valoriza a presença de Maria na vida do Cristão; Uma luz nos teus olhos é uma música juvenil que fala da história do jovem rico; Lares desfeitos e Dor de casal, trazem a questão da separação e das dificuldades enfrentadas pelos casais; Duas velas amorosas fala do verdadeiro amor entre o casal. Sementes desperdiçadas, aborda o tema do aborto e o descaso com a vida dos embriões.

Os títulos e melodias deste álbum seguem a linha mestra da fé constantemente “revisitada”, como cidade de onde se sai e se reentra como peregrino. Como diz pe. Zezinho, scj, algumas canções foram feitas para serem cantadas, algumas para serem ouvidas, mas todas para provocar quem ouve a abrir sua Bíblia e com ela, algum livro de teologia. “As pessoas podem se emocionar com minhas canções, mas o que verdadeiramente procuro apresentar são canções doutrinárias. Meu objetivo é traduzir o catecismo através da arte”, afirma.

O CD “Quando Deus se calou” tem a participação vocal do grupo Ir ao Povo, os arranjos instrumentais são do Mestro Luiz A. Karam. O álbum também oferece faixa interativa, com letras e partituras, além de outras interatividades e informações. Confira.

Ficha Técnica:




"Como sempre o fiz nos meus mais de 100 álbuns, busco melodias e temas catequéticos, impregnados de psicologia e de teologia. É, também, o objetivo deste Cd com o título tereziano: "Quando Deus se calou". O ouvinte habituado a ler os antigos e modernos contemplativos perceberá, nas canções deste álbum, as sugestões de um padre catequista que há mais de 45 anos decidiu que ressaltaria a vocação de pensar, repensar e atualizar a fé que sentimos: Pensar como Jesus pensou para amar como Jesus amou... Tenho canta
do isso desde os anos 70 e já cantava desde 1964. Às vezes emociono, mas não canto para emocionar; canto para fazer pensar. Os títulos e os textos, bem como as melodias, seguem a linha mestra da fé constantemente "revisitada", como cidade de onde se sai e se reentra como peregrino. Os verbos são "ir" e "conviver", duas conseqüências e dois caminhos para o verbo 'amar'. "

Pe. Zezinho, scj



Vídeo: Quando Deus Se Calou - Padre Zezinho, scj



Vídeo postado no YouTube, por MCPRODUÇÔES

Letras das canções:

1. Quando Deus se calou
Pe. Zezinho, scj

Foram milhares de preces até que o Senhor
Me atendesse
E já não sei quantas vezes pedi que o bom Deus
não me esquecesse
Ouvir eu sei que Ele ouvia
Que Deus não é surdo eu sabia
Mas é que o bom Deus
Sabe o momento e o dia
Cheguei a chorar perguntando ao Senhor
Na frente do altar questionei seu amor
Se vês que eu preciso, por que não me dás?
E Deus se calava e eu, eu só sei que eu rezava

Foram milhares de esmolas até que o Senhor
Me atendesse
A cada esmola que eu dava eu pedia que Deus
Me convertesse
Ouvir eu sei que Ele ouvia
Que Deus não é surdo eu sabia
Mas é que o bom Deus
Sabe o momento e o dia
Cheguei a brigar com meu Deus e Senhor
Falei-lhe a chorar com o rosto no chão
Se vês que eu preciso porque não me dás?
Então Deus agiu e o que eu sei
é que Deus tem seu tempo!

2. Ninguém fez mais do que Jesus
Pe. Zezinho, scj

Ninguém fez mais
Ninguém fez mais do que Jesus
por nossa paz
Amou como ninguém jamais amou
Ouviu como ninguém jamais ouviu
Falou como ninguém jamais falou
Serviu como ninguém jamais serviu
Sofreu como bem poucos
E viveu intensamente, serenamente
Não quis a guerra, não matou
Não tirou sangue de ninguém
Se alguém tivesse que morrer que fosse ele
Não teve medo
Mostrou que a paz é dom maior
E pra fazê-la, em muitos casos
É preciso até morrer
Não procurou a cruz, mas não fugiu
Se isto é incomum
Então Jesus é incomum
Ninguém fez mais
Ninguém fez mais do que Jesus por nossa paz
Ninguém fez mais
Ninguém fez mais do que Jesus por nossa paz

3. Jesus, Jesus, Jesus
Pe. Zezinho, scj

Todas as igrejas
na voz dos seus cantores
Na voz dos seus fiéis
estão cantando o nome de Jesus
Nome poderoso
Nome luminoso
Que vai libertando enquanto inunda
Os corações de luz
E nós também cantamos:
Nome Santo de Jesus
Dobramos os joelhos ao cantar
E ao proclamar: Jesus, Jesus, Jesus
Todas as igrejas nas suas liturgias
Nas horas de louvar
Estão pensando no nome de Jesus
Nome tão profundo
Que sacode o mundo
Que vai questionando a humanidade
Com sua imensa luz
E nós também cantamos:
Nome Santo de Jesus
Dobramos os joelhos ao cantar
E ao proclamar: Jesus, Jesus, Jesus

4. Uma luz nos teus olhos
Pe. Zezinho, scj

Uma luz nos teus olhos dizia
E a ternura da voz traduzia
Sentimentos de educador
Paz você já tem!
Bom você já é!
Só lhe falta abraçar a pobreza
dar aos pobres os bens que ajuntou!
Se quiser ser um bom missionário
Se quiser dar os passos que eu dou
Houve pesar nos teus olhos
Quando o rapaz disse
– Não, não posso ir

Tinha dinheiro demais
Não foi possível prosseguir...
Tinha dinheiro demais
Não foi possível prosseguir...

5. Se não fosse Jesus
Pe. Zezinho, scj

Se não fosse Jesus
E este sonho insistente que ele plantou
Se não fosse Jesus
e o projeto exigente que nos deixou
Se não fosse Jesus
e os santos e as santas que ele formou
a esperança de um mundo melhor
seria muito peque....na
a esperança de um mundo melhor seria menor
Se não fosse Jesus
e esta ânsia de eterno que ele plantou
Se não fosse Jesus
e o projeto fraterno que nos deixou
Se não fosse Jesus
E as muitas verdades que ele gritou
a esperança de um mundo melhor
seria muito pequena
a esperança de um mundo melhor, seria menor

6. No trem da vida
Pe. Zezinho, scj

No trem da vida meio errada que vai
Por trilhos que é preciso até refazer
Dormentes que já não seguram mais nada
Assim viaja a humanidade infeliz
É livre, mas não sabe nem bem pra quê!
Faz tudo, mas não faz direito o que faz!
E pensa que fazer aquilo que quer é ser livre!
Convém que alguém, um dia, grite pro mundo sem paz!
Não adiantou fazer tudo aquilo que você sonhou!
Fazer tudo aquilo que você bem quis!
Se quando alcançou você não foi feliz!
Não fez o querer e nem fez o dever,
achou que ser livre é fazer o que se quer, mas não é!
Eis nossa fé!

Quem não descobre os limites do ser
vive pra ter, mas não sabe viver.

7. Casinha de ribeirão
Pe. Zezinho, scj

Numa casinha pequenininha
Pertinho do ribeirão
Um casalzinho já bem velhinho
Vivia de recordação
Oitenta anos de vida, sessenta de união
Seis filhos e vinte netos
Todos eles um só coração
Ela a cuidar do seu bem
E ele cuidando também
E os descendentes cuidando de quem
A vida inteira por eles viveu
E na casinha do ribeirão
Quem governava era a religião

Numa casinha pequenininha
Pertinho do ribeirão
O Vô Francisco e a Vó Tereza
Viviam de oração
Ouvindo rádio tranqüilos, imersos na oração
Oravam pela família
Unida pela religião
Ela a orar por seu bem
E ele por ela também
Filhos e netos orando por quem
A vida inteira por eles orou
E na casinha do ribeirão
O amor de Deus foi quem os motivou

Lá na casinha pequenininha
Pertinho do ribeirão
Chegou a hora de vô Francisco
Partir sem hesitação
Chamou os filhos e filhas
E netos ao seu redor
E anunciou que partia em busca do Criador...
Deu seu recado final
Fez uma prece total
Filhos e netos fazendo oração
Naquela casa não há solidão
E na casinha do ribeirão
Venceu a vida e a religião

8. Lares desfeitos
Pe. Zezinho, scj

Um lar foi desfeito, não tem mais jeito
Não há revolta, mas não tem volta
O sentimento acabou
Elo desfeito, ninguém é perfeito
Não deu mais certo, não deu
Quem não era feliz foi buscar
Um outro alguém para amar
Dores do ser, dor de viver
São as dores do amor
Dor de viver
Dor conjugal e segundas uniões
Milhões de opiniões
Milhares de razões
Mas um lar foi desfeito
E está doendo em alguém!
Mas um lar foi desfeito
E está do.....endo em alguém!

9. Dor de Casal
Pe. Zezinho, scj

Às vezes dói demais
A dor de alguns casais
E bem que eu gostaria de saber
Porque é que dói demais
A dor de alguns casais
Na minha teori...........a, amor não deveri...........a
Rimar com sofrimento!
Amor não deveria comportar nenhuma dor!
Mas olho pra Jesus
contemplo aquela cruz
e entendo um pouco mais
as dores de um casal, dor universal
dor de quem é bom e que sofrer não mereceu
Mistérios do amor...
Mistérios do sofrer ...
Mistérios do viver...

10. Duas velas amorosas
Pe. Zezinho, scj

Duas velas amorosas se encontraram
Cada qual iluminando o seu redor
Mas depois que se encontraram descobriram
O milagre de quem vive um grande amor
Sua luz cresceu bem mais
Pois, tornaram-se uma só
Dois amores num amor
Duas mentes a sonhar o mesmo sonho
E dois corpos a querer se completar
Foi amor, ninguém duvide, foi bonito!
Sua luz lembrava as luzes do infi....nito.
Amor se for amor será eterno
E quem disser que assim não é
Perdeu a esperança ou ainda não tem fé!
Perdeu a esperança ou ainda não tem fé!

11. Sementes desperdiçadas
Pe. Zezinho, scj

As sementes desperdiçadas
Ninguém colheu, ninguém comeu
Ninguém guardou, ninguém plantou
As sementes abandonadas

Ninguém notou, ninguém tocou
Ninguém pensou em multiplicar
Havia vida naquelas sementes
Mas havia gente que não as queria
E existe gente que até não se importa
Se a semente é morta ao raiar do dia
Não se fez fruto porque alguém não quis
Por causa dela alguém era infeliz
Tão pequenina e tão indese..jada
Por isso mesmo ela foi massacrada
Tão pequenina e tão indesejada
Por isso mesmo ela foi massacrada

12. Odogitria Pan-Haghia
Pe. Zezinho, scj

Odogitria
Mostra-nos, Maria, os caminhos de Jesus
Odogitria
Mostra-nos, Maria, o caminho pra Jesus
Pan haghia, toda santa és Maria
Pan haghia, toda santa és Maria
Sabes conduzir
Sabes conduzir ao teu Jesus
Quem procura uma luz
Sabes conduzir
Sabes conduzir ao teu Jesus
Quem procura uma luz
Solo: Ana Clara

13. Há um rio dentro de mim
Pe. Zezinho, scj

Há um rio perpassando a minha vida
Fazendo curvas pra regá-la ainda mais
Sinuoso e caudaloso
Ás vezes calmo, ás vezes buliçoso
Ele é feito de esperança, de paz
Sei que veio de Deus
E pra Deus ele vai
Não sei do seu começo
E não sei do seu fim
Há um rio aqui dentro de mim
Há um rio aqui dentro de mim
Tchu ru ru ru...
Há um rio ladeando os meus projetos
Se oferecendo pra regá-los se eu quiser
Sinuoso e caudaloso
Às vezes calmo, às vezes buliçoso
É vida que me ensina a crescer
Sei que veio de Deus
E pra Deus ele vai
Carrega o seu mistério
E não sei do seu fim
Há um rio aqui dentro de mim

14. Viver na Tua luz
Pe. Zezinho, scj

Viver na tua luz
Na tua graça, Senhor!
Viver da tua paz
Do teu mistério de amor!
Em ti perseverar,
jamais te esquecer
jamais te abandonar,
não mais te ofender!
Eis meu Senhor a minha oração!
Sozinho eu não sei praticar
A tua Pala........vra!
Quero te amar e quero crer
Mas preciso de ajuda pra me converter!
Quero te amar e quero crer,
Mas preciso de ajuda pra me converter!


Disponível desde 08 de maio no site da Paulinas:
Quando Deus Se Calou


8 comentários:

  1. aqui está um idulo seminarista que cujo sonho é um dia conheser pe.zezinho

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. “... Realmente, o tempo de Deus não é o nosso tempo”.
    Lindo show, música, louvor, tudo muito lindo!
    Obrigada pelo post.

    ResponderExcluir
  4. Tenho 15 Discos de vinil do Pe. Zezinho, e conheci mais a Deus atraves destas musicas.

    Muito bom.

    Cesar

    ResponderExcluir
  5. Casinha do ribeirão é o destaque desse Cd, para mim

    ResponderExcluir
  6. Já,assisti um show do Pe zezinho aqui em Oliveira-MG,mas ultimamente ele ele não tem dado as caras por estes lados da nossa cidade.Será,que ele está com raiva da gente?...Eu,prefiro acreditar que não,gosto das músicas do Pe.Zezinho,mas eu não conheço este seu último trabalho.deve ser algo muito bonito,como todas as suas letras e músicas.Pé.Zezinho apareça por cá,estamos com muitas saudades suas.Paz E Bem!

    ResponderExcluir
  7. 25 anos de casada,2 filhos e 1 esposo...Tudo o que sou e tenho é graças à Deus e aos livros e músicas do Pe.Zezinho que conheço desde a minha adolescência, principalmente o seu livro "ESTA JUVENTUDE MAGUINÍFICA E SEUS NAMOROS NEM SEMPRE MARAVILHOSOS". Pe.Zezinho é um enviado especial do Pai!

    ResponderExcluir
  8. José Maria Ribeiro9 de agosto de 2016 17:20

    Sou sacerdote ortodoxo tenho um sonho, um dia conhecer padre Zezinho. Deus abençoe o senhor padre.

    ResponderExcluir